sábado, 7 de março de 2009

A igreja e as suas calinadas

A igreja católica romana fortemente conservadora e imbuída da vivência do século I ou II, não hesitou em cometer mais uma das suas atitudes deploráveis e que fazem diminuir a sua credibilidade.
O caso é da excomungação de uma menina (grávida de gémeos depois de violada pelo padrasto) , mãe e médicos que fizeram um aborto a essa menina.
A meu ver isto não tem cabimento algum, não se enquadra num mundo desenvolvido, só fazia sentido era condenar severamente o padrasto da criança, e não a menina de 9 anos grávida de gémeos que corria o risco de morrer se a gravidez fosse em frente.
Felizmente que a igreja não pode fazer mais (acho eu) do que excomungar, e isso a meu ver não é grande incómodo, ninguém fica mais pobre, ou morre por ser excomungado, embora para pessoas de mentalidade retrógrada seja a maior humilhação possível (a excomungação), e o que eu estou a dizer a maior blasfémia.
Fica uma hiperligação para a notícia no site da rtp.



http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Lula-critica-Igreja-por-excomungar-medicos-que-fizeram-aborto-a-menina-gravida-de-gemeos.rtp&article=206810&visual=3&layout=10&tm=7