quinta-feira, 9 de outubro de 2008

O mundo em que vivemos (2)

O homem é um ser engraçado. Existe hà milhares de anos sem saber qual o seu fim, qual o objectivo da sua existência, se é que tem algum.
Pensa que tem muita importância quando anda entretido nas suas coisas que por maiores que sejam para ele, para o universo são insignificantes.
E agora qual a grandeza do universo? Grande? Pequeno? Finito? Infinito? Em expansão? Em retracção?
Tantas perguntas sobre as quais se fazem teorias mas que nínguem sabe ao certo qual a resposta.
Sim, que legitimidade temos nós? neste pequeno planeta chamado "Terra" ou "Planeta Azul"

para dizer como é o universo "apenas" enviando uns instrumentos, para saber qual a grandeza do universo.

Embora a tecnologia esteja muito avançada, o homem apenas foi á lua, as suas máquinas foram apenas a alguns lugares, embora longínquos do universo e que demoraram anos a lá chegar e, que nos deram poucas informações.

Sendo assim, qual será o limite real do universo? Será que o homem alguma vez chegará ao que hoje chama infinito? Esperemos para ver muito embora essa espera possa ser de milhares de anos.

Sem comentários: