sábado, 1 de maio de 2010

Inquérito

Estoua a fazer um trabalho no ãmbito de marketing e para esse efeito eu e o meu grupo realizamos um inquérito. Gostaria que os meus leitores lhe pudessem responder.
Muito Obrigado.


http://www.surveymonkey.com/s/T3TZR5H
http://www.surveymonkey.com/s/T368SKD

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Marketing

Hoje venho falar de um tema diferente, o Marketing.
Todas as empresas produzem com um objectivo final - a venda.
Os produtos são melhores ou piores conforme a produção, mas o que faz com que as empresas consigam vender?
O marketing, é este que dá a conhecer ao consumidor os produtos que a empresa tem disponíveis para vender, o marketing cria a imagem e faz a ligação entre o produto e o consumidor - faz a sua promoção.
O marketing faz com que se crie necessidades, ou seja que despertem no consumidor necessidades que este desconhecia.
Assim o marketing revela-se fundamental no âmbito das vendas empresas.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Vergonha nos Hospitais Públicos!

Bem eu nem sei por onde começar, há dias o meu pé teve a infeliz ideia de se torcer, podia ter feito outra coisa, mas não. Então dirigi-me às urgências de um hospital, onde com o pé inchado de tal forma que nem parecia pertencer à perna. Esperei várias horas para ser atendido, depois mais uma hora à espera do raio-x. Para fazerem este raio-x quase que partiam o pé tal foi a brutalidade.
Finalmente após umas 6horas saí medicado, mas sem estar com o pé imobilizado.
No dia a seguir, o meu estômago começou a doer-me de uma forma estranha. Telefonei para a saude 24 onde aconselharam a ir para o hospital mais próximo de onde eu estava. Os medicamentos receitados no anterior hospital sem protector de estômago podiam criar uma úlcera. Assim enquanto ia para a urgência do Hospital de Torres Vedras, esse serviço telefónico enviou um fax a indicar a urgência de eu ser visto.
Depois na triagem, apesar das minhas dores de estômago e do pé inchado como uma batata, classificaram-me como não urgente.
Após duas horas de espera fui atendido, a meio da consulta o cirurgião que estava de banco no referido hospital, começou a protestar com a médica por me ter atendido visto que eu não era urgente. Contudo após mais algum tempo deram-me medicamentos para as minhas várias dores.
Depois estive 3 horas à espera que o ortopedista que estava de banco se lembrasse de vir, porque como era só eu, não tinham ido incomodar o pobre senhor, sorte a minha que apareceu mais alguém.O ortopedista incomodado lá me viu, não me imobilizou o pé, disse até para eu o ir movimentando, e que o negro e o inchaço iam piorar.

Assim após a infeliz ideia de aparecer no hospital saí de lá 6 horas depois. 
Por fim quase uma semana depois fui visto por um médico competente que me tem ajudado na minha recuperação.
O meu caso visto que não era grave, talvez já pudesse estar curado. Durante uma semana andei a agravar a lesão, ainda continuo sem saber quando voltarei a andar, passado quase um mês.
Espero que se afastem bem da incompetência do Hospital de Torres Vedras (azar o meu era o mais perto naquele fim de semana), e lembrem-se mais vale ir para outro mesmo que seja mais longe, do que ir para Torres Vedras. É inadmissível o serviço que prestam.

domingo, 3 de janeiro de 2010

O porquê de motivar?

Antes de mais alguma coisa bom ano de 2010.
Vamos agora falar um pouco de motivação. Todos os líderes, gestores tentam encontrar uma forma de levar os seus subordinados, trabalhadores a darem o seu melhor, o melhor de si para a tarefa que efectuam. Contudo o que realmente motiva as pessoas? Uns dizem que é o dinheiro, outros dizem que são as condições de trabalho, outros dizem que são os bónus, mas quem sabe?
Existem muitas teorias numa tentativa da sua explicação, mas a meu ver não existem teorias que consigama explicar este ponto da mente humana.
Muito embora existam várias coisas altamente motivadoras para as pessoas, que as fazem atingir níveis de performance elevados, um factor determinante é a vontade e a determinação das próprias pessoas, mas é claro que existe formas de influenciar essa vontade.
Espero que me tenha consigo explicar bem a minha opinião.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Boas Festas

Na altura de Natal não pude vir aqui publicar nada, por isso, espero que o Natal tenha sido bom, e votos para um 2010 melhor que 2009.
Os votos de felicidades pa 2010.
Obrigado

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Estaline de Regresso

Ontem estava a ver televisão e tive a oportunidade de ver um documentário intitulado "O regresso de Estaline", produzido pela BBC, canal britânico. Este documentário tinha como objectivo fazer uma retroespectiva pela ex-União Soviética e tentar saber e entender o que os actuais habitantes dessas zonas, achavam de José Estaline, "Herói ou Vilão"?
Ao longo do documentário fomos percebendo que muitos dos camponeses que sofreram com a tirania de Estaline já morreram ou estão já no final da vida, e é estranho ver entre os jovens uma admiração a Estaline, visto desconhecerem em grande parte a sua acção. Na sua terra natal Gori, na Georgia um dos poucos sítios onde mantiveram uma estátua do ditador, onde a população se recusa a que seja retirada, devido a admiração que nutrem pelo mesmo.
Mesmo no seio da própria Rússia as pessoas não reconhecem em grande parte o crime de Estaline. Foi preciso ir até aos campos, longe dos centros urbanos para ver realmente a memória das pessoas, as que sofreram com Estaline, esses aí não negavam os crimes por ele cometidos.
Para grande surpresa as declarações de Vladimir Putin, a defender o ensino de uma História Positiva, ou seja omitir factos menos positivos da história russa.
Resumindo algo que nao se deve fazer pois a história deve ser apresentada tal como aconteceu seja boa ou má, para não se repetirem ou erros do passado.
Já na parte final o realizador foi entrevistar o autor do livro de história positiva e o da história normal. O autor do livro de história normal defendia exactamente que a história deve ser apresentada como aconteceu seja boa ou má.
Contudo o autor da história positiva revelava falta de argumentos para a pouca importância dada assuntos como a Grande Fome, aliança soviético-germânica e o terror, o seu próprio descurso inicial era um discurso que acabava por contradizer o livro em si.
Sendo assim apenas lamento a atitude de Putin em querer "limpar" a história, enquanto devia educar as crianças de forma a não cometerem os mesmo erros, porque factos são factos, e nada os pode mudar, mas a maneira como são apresentados ou escondidos pode afectar e muito o futuro.
O documentário ainda focava alguns pontos sem dúvida interessantes, mas talvez noutra publicação.

domingo, 29 de novembro de 2009

18 anos

Na passada 3ª feira fez 18 anos que a música mundial perdeu uma das suas maiores referências - Freddie Mercury - a música mundial fica assim de luto, pelo seu contributo para as novidades e a sua criatividade.
Mais uma vez o obrigado pelo seu contributo.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

De volta

Bem á muito tempo que já não vinha aaqui, há vários meses. Não tenho tido tempo, coisas interessantes e assim, bem não interessa. Entretanto o mundo não parou, e cá continuamos fiz 18 anos entretanto.
Chegaram foram e já cá estão outras eleições, equilibradas, disputadas, o que é bom para não haver grandes maiorias que permitam um governo demasiado autoritário.
O país até parece caminhar para melhor, e este mundo também, mas quem sabe o que vem aí. Esperemos que melhor, esperemos que estes artigos melhorem e se tornem mais calmos.
Vamos continuar a esperar que a vida melhore, temos que disfrutar mais os momentos e pensar menos, porque enquanto pensamos a vida passa-nos a frente e o momento também, não deixem isso acontecer pois há momentos que não se repetem.

terça-feira, 30 de junho de 2009

LUTAR ATÉ AO FIM, CONTRA TUDO E CONTRA TODOS

Hoje teve lugar no inóspito pavilhão da luz o 5º e último jogo da final do nacional de futsal ("a negra"), onde existiu o culminar de várias injustiças praticadas dentro e fora do campo. O jogo esse foi ganho pelo benfica por 4-3 após prolongamento, dando o campeonato ao benfica.
Mas estou aqui para falar das injustiças, prejudicados em todos os jogos sem excepção pelos árbitros(dos quais o pior foi o 2º) , pelas penalizações da federação (nº de jogos de suspensão) e a não penalização do benfica devido às atitudes dos seus adeptos no 2º jogo, atitudes essas que não foram dignas de gente.
Sendo assim não dos os parabéns à equipa injustamente vencedora, mas sim à equipa do Beleneneses que se entregou totalmente á causa sabendo que tudo estava controlado á partida, mas fizeram o benfica sofrer até ao fim, também não se ficam a rir.
Dou os parabéns ao jogadores:
Marcão, Marcelinho, Paulo Henrique, Pedro Cary, Renato, Paulinho, Caio Japa, Jardel, Drula, Miguel Almeida, Marco Mateus e Diego Sol.
Á equipa técnica:
Alípio Matos, Pedro Henriques, Raul Oliveira, Rogério Ferreira e Tiago Melo.
e a demais responsáveis pelo futsal do belenenses.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Portugal é o responsável pela globalização

Sim, é o que eu acho. Vamos ver bem a história mundial.
Até aos descobrimentos portugueses o mundo vivia perfeitamente isolado, cada zona do mesmo, cada continente vivia no seu mundo ignorando a existência da enorme variedade de culturas e países existentes.
Assim enquanto todos os países do mundo viviam no medo e na obscuridade e continuavam fechados no seu mundo, Portugal através de conhecimentos dos nórdicos, ou dos árabes, partiu à conquista do desconhecido, descobrindo inúmeros territórios que até aí era ignorada a existência.
Portugal, com o estabelecimento das novas rotas de navegação, que fizeram com que as ligações entre vários países do mundo se estabelece-se.
Estas rotas, cada vez mais melhoradas e aprofundadas ligaram o mundo entre si - Este é o início da globalização - e cada vez mais estas ligações tendem a aumentar ainda mais.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Como ficar sem insónias?

É fácil, vá ao google e procure uma página do livro Memorial do Convento, e começe a ler em voz alta, pouco depois está a dormir.
Estou aqui a fazer paródia do Nobel da Literatura português. De português tem pouco, e de Nobel nada. Um livro que não define o tempo verbal, que não tem parágrafos, não tem pontuação, não tem falas, que aparecem no meio do texto corrido como se fosse tudo uma grande salada russa e o leitor é que tem que perceber que é uma fala e adivinhar quem está a falar.
Se alguém conseguir ler uma página do livro, cumprindo as regras de pontuação e não sufoque, dou-lhe os meus parabéns, pois eu não consigo, pois não existe pontuação.
Chamam a isto português?
Ainda por mais pretendem ensinar português com livros destes?
Eu posso não ser nenhum especialista em português, mas escrevo com as regras básicas do Português de Portugal, e não com as regras inventadas por este autor ou por um estúpido acordo ortográfico.

Bebedeiras e tristezas no estádio da luz

No último domingo desloquei-me ao estádio da luz, casa do Sport Lisboa e Benfica, para ver o jogo Benfica-Marítimo.
Tudo estava a correr bem, um bom ambiente, festa (afinal de contas o glorioso liderava), enfim todos estavam contentes.
Estava eu, calmamente sentado com os meus amigos a ver o jogo e a fazer uns comentários parvos quando disse mais outro comentário parvo (mas inofensivo). Entretanto um adepto do Benfica refilou e eu virei-me para trás na brincadeira a dizer que “É preciso é ter calma, não vamos magoar ninguém” frase inspirada nos gatos fedorento.
Dito isto o indivíduo começou a ficar profundamente irritado, e a confusão começou.
No fim tudo acabou sem males maiores, contudo um bom ambiente nas bancadas pode ser facilmente estragada pelo excesso de álcool no sangue, a estaspessoas nem deveria ser permitido à entrada.
Além disso o indivíduo benfiquista de tanta bebedeira e falta de razão nem sequer percebeu que eu estava do seu lado, ao não perceber as decisões do árbitro
O que se pode fazer? É devido a estes tristes acontecimentos que as pessoas não vão mais vezes aos estádios de futebol.